Projeto Ockham
Pirâmides A construção das pirâmides

por Alexandre Taschetto de Castro mail
em 14/09/03

As primeiras pirâmides

Fórum Enviar artigo

Assim como muitas outras culturas, antigas e modernas, os antigos egípcios acreditavam na vida após a morte. Uma particularidade da cultura egípcia, porém, era a idéia de que a vida no plano espiritual era uma continuação da vida terrena, com as mesmas necessidades materiais. Desta forma, os egípcios colocavam em suas tumbas artigos decorativos, jóias, comida, ferramentas e outras provisões que viriam a ser úteis após sua morte.

Os egípcios comuns eram enterrados no deserto, com seus corpos simplesmente enrolados em tecido e acompanhados por poucos objetos e comida. Cidadãos mais ricos, como artesãos, podiam arcar com os custos da mumificação (a preservação do corpo também era importante para a vida após a morte) e da construção de um túmulo. Nobres e outros egípcios muito ricos eram enterrados em estruturas chamadas "mastabas" - uma câmara subterrânea embaixo de uma pequena capela na forma de um banco.

mastaba

Mas os faraós e suas rainhas mereciam mais. Por volta de 2630 a.C., a partir da estrutura básica da mastaba, o sacerdote Imhotep projetou um complexo mortuário para o faraó Djoser que viria a ser a primeira pirâmide. Empilhando seis mastabas em tamanho decrescente, Imhotep construiu uma pirâmide em degraus. Como as pirâmides mais conhecidas, continha inúmeras salas e passagens, bem como a câmara mortuária do faraó.

Pirâmide em degraus

A evolução para as pirâmides de paredes externas lisas não aconteceu sem problemas. Fracassos famosos incluem a "pirâmide torta" e a pirâmide de Meidun, ambas atribuídas ao reinado do faraó Snefru (2575-2551 a.C). A pirâmide de Meidun era originalmente composta por sete degraus, mais tarde aumentados para oito. Posteriormente os degraus foram cobertos de forma a criar uma superfície externa lisa, mas a cobertura desmoronou (não se sabe ao certo quando) devido à inclinação grande demais das paredes. A pirâmide torta, por sua vez, apresenta uma mudança brusca em sua inclinação, para qual existem duas teorias. Os arquitetos teriam se assustado com o fracasso da pirâmide de Meidun ou então decidiram acabar a pirâmide mais rapidamente.

Pirâmide de Meidun Pirâmide torta

Apesar destes percalços, foi ainda no reinado de Snefru que a primeira pirâmide verdadeira bem-sucedida foi construida - a Pirâmide Vermelha, onde ele viria a ser enterrado. Depois da Grande Pirâmide de Gizé (que seria construída pelo filho de Snefru, Quéops), a Pirâmide Vermelha tem a maior base de todas as pirâmides do Egito, mas devido à sua menor inclinação é apenas a quarta mais alta. Seu nome comum deriva da cor do calcáreo utilizado em sua estrutura. A maior parte de sua cobertura não foi preservada, mas alguns dos pedaços que sobraram contém inscrições que permitem estimar o tempo gasto na construção da pirâmide - aproximadamente 17 anos.

Pirâmide vermelha

A grande pirâmide de Quéops
Cadastre seu email para receber nosso boletim:
Pipoca com Ciência

Dragão da Garagem