Projeto Ockham
Roswell Roswell

por Alexandre Taschetto de Castro mail
em 23/01/04

Conclusões

Fórum Enviar artigo

Toda a discussão sobre o que aconteceu em Roswell gira em torno de informações obtidas de testemunhas. Estas testemunhas guardaram suas histórias por mais de trinta anos, só aparecendo após o assunto receber destaque na imprensa e, em alguns casos, apenas repassavam relatos ouvidos de terceiros. O longo espaço de tempo entre o incidente e os relatos inevitavelmente diminui a sua exatidão e algumas testemunhas, como os filhos de Mac Brazel e do Major Jesse Marcel, eram crianças na época. Além disso, todas as testemunhas eram moradores de uma região rural dos Estados Unidos na década de 40, imersos na comoção generalizada causada pelo primeiro relato de um UFO. Obviamente, é preciso considerar esses relatos com bastante cuidado.

A única evidência material de autenticidade comprovada é o conjunto de fotos dos destroços com o Major Marcel, publicadas em 1947, que não mostram nada excepcional (por causa disso, alguns ufólogos defendem que o que aparece nas fotos não são os verdadeiros destroços).

Mesmo assim, ainda são muitos os que defendem que Roswell constitui a maior conspiração da história, mantida por mais de 55 anos. Realmente, se uma nave caiu em Roswell, é de se admirar a capacidade do governo americano de manter secretas por tanto tempo todas as provas do fato, especialmente considerando a quantidade de publicidade que o assunto recebeu nas últimas duas décadas. Afinal de contas, após tanto tempo, tudo que os defensores dessa teoria conseguiram foram depoimentos imprecisos, documentos forjados, encenações de autópsias e especulações.

Voltar à lista de Mistérios
Cadastre seu email para receber nosso boletim:
Pipoca com Ciência

Dragão da Garagem