Projeto Ockham
Radioestesia Radioestesia

por Ana Luiza Barbosa de Oliveira mail
em 01/06/02

Conclusões

Fórum Enviar artigo

Apesar dos praticantes de radioestesia realmente acreditarem e sentirem que uma força desconhecida da ciência é responsável por mover as varinhas, pêndulos, etc, o fenômeno pode ser facilmente explicado através do efeito ideomotor, onde um movimento muscular inconsciente e quase indetectável é amplificado através de "ferramentas". Este efeito é conhecido e estudado há um século e meio, no entanto, por ser totalmente inconsciente, pode enganar mesmo as pessoas mais esclarecidas, que se apegam então a explicações paranormais.

Mesmo que se considere a possibilidade de algum outro efeito ainda desconhecido estar envolvido na radioestesia, cabe aos radiostesistas o ônus da prova, isto é, demonstrar convincentemente que sua técnica realmente funciona. Infelizmente, isto ainda não foi feito, apesar da longa história da radioestesia (uma boa revisão histórica pode ser encontrada aqui). Uma revisão abrangente dos estudos experimentais existentes até 1982 chegou à seguinte conclusão: "Apesar do grande número de investigações sobre a radioestesia, sua situação ainda é não é clara. Isto é principalmente resultado de procedimentos experimentais e/ou relatórios desleixados".

Voltar à lista de Pseudociências
Cadastre seu email para receber nosso boletim:
Pipoca com Ciência

Dragão da Garagem